Casa Grande da Fazenda Ininga, um museu colonial em José de Freitas

há 1 ano

Casa Grande da Fazenda Ininga, um museu colonial em José de Freitas

Créditos: Conheça o Piauí

Sabe aqueles cenários de novela de época na TV? De uma época que remete ao período do império no Brasil? A Casa Grande da Fazenda Ininga é um deles. Mas ela não tem nada de cenário, é bem real e está pertinho de Teresina.

Localizada no município de José de Freitas, somente a 52 km de Teresina, essa Casa Grande fica dentro de uma área de 700 hectares que forma a fazenda Ininga. Só a área em que fica a casa tem 22 hectares. É muita coisa!

Mas por que essa casa é uma das opções do Conheça o Piauí? Nós vamos te contar agora.

#A história por trás da Casa Grande

Essa Casa Grande é de 1823 e pertenceu à família Sampaio Castelo Branco. A sua construção é toda de traços de fazendas coloniais.

Embora seja de uma época em que ainda existiam escravos, essa casa já respirava liberdade e humanidade.

Diferentemente da maioria dessas casas na época, a Casa Grande da Fazenda Ininga não tinha senzala, pois todos os filhos do primeiro dono da casa eram abolicionistas, isto é, apoiavam o fim da escravidão.

Novo século veio, o tempo levou seus moradores e trouxe o desgaste na Casa. Quando já estava em quase situação de abandono, ela passou a ter um novo proprietário. O professor Paulo Libório comprou a Casa Grande e fez dela o que se tornou hoje, um museu.  

#Casa Grande como ela é hoje

O professor Paulo Libório decidiu restaurar por completo a casa. Todo esse processo levou anos e anos.

Durante essa restauração, escavações foram feitas, inclusive pelo próprio Paulo, que acabou por encontrar muitos objetos pertencentes à família Sampaio Castelo Branco e que também faziam parte da mobília da casa.

Foram encontrados, até então, 450 peças do século XIX. Todas elas ainda faltam ser catalogadas, mas quem andar por lá já pode fazer essa viagem no tempo e ver todo esse riquíssimo acervo histórico.

Em 2012, toda a restauração da Casa Grande foi concluída e inaugurada. Paulo Libório foi um grande visionário e entusiasta. 

A revitalização da Casa Grande é um retorno ao seu projeto original, compreendendo assim um resgate da história do Piauí.

Hoje ela é um museu que, diferente da maioria que você já ouviu ou visitou, fica numa área rural, dentro de uma fazenda, e não dentro de uma área urbana de cidade.

#Quando visitar

A Casa Grande da Fazenda Ininga é aberta à visitação diariamente, inclusive, o local recebe muitos estudantes que vão ver de perto o que se aprende em livros. 

Para agendar sua visita, você pode entrar em contato a Sandra Maria, secretária do professor João Libório e que mora na casa. O contato para agendar visita é pelo telefone (86)99946-8623


 
Já tinha ouvido falar na Casa Grande da Fazenda Ininga? Conte nos comentários o que achou de mais essa atração turística pelo Piauizão.
 

2 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

Usuário

Antônio • há 1 ano

Pertenceu aos tataravós, Mariano Fortes Castelo Branco e D. Felisbela Sampaio Castelo Branco


Usuário

Antônio • há 1 ano

Pertenceu aos meus tataravós*


CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório