Confira o trajeto para chegar até a Cachoeira do Rosário ou Pigoita

há 11 meses

Confira o trajeto para chegar até a Cachoeira do Rosário ou Pigoita

Créditos: Conheça o Piauí

Chegar a Novo Santo Antônio é sentir um caminho tranquilo, parece que nada exige pressa. São fazendas, animais e morros de arenito no percurso (bem típico de uma estrada no Piauí). Diferente da Cachoeira das Corujas, dessa vez terá que passar pela cidade para chegar até a Cachoeira do Rosário, ou Pigoita como preferem os nativos.

Depois de várias curvas na PI-221, são 115 km até a entrada de Novo Santo Antônio desde o balão da Usina Santana em Teresina(saída pela BR-343). Avançando um pouco mais, com 127,7km percorridos, a PI-221 é substituída pela Avenida Martins Vieira onde se poder ver ao final a Câmara de Vereadores do município. 

Siga à direita, na última rua e suba a ladeira(um aviso: já acostume-se com ladeiras!). Siga até o fim da rua, entre à esquerda, próxima direita e esquerda novamente nas ruas com calçamento de Novo Santo Antônio. 

Você chegará ao acesso da passagem molhada e a placa confirmando: faltam apenas 5km. Advinha só o que surge: novas ladeiras, mas nada que assuste ao visitante de primeira viagem. Se for período chuvoso, a passagem molhada vai até limpar os pneus com a água que vem do encontro dos rios Sucuruju e Canudos.

Agora é contornar a água entrando à esquerda. E aí? Mais ladeiras! Nem precisa de pressa, é só vencer uma por vez até finalmente a recompensa: as corredeiras da Pigoita.

Pigoita significa criança com danação, de acordo com os nativos. O nome chegou para o balneário quando as mães brigavam, "menino pigoita, não te atreve"!

O outro nome dado para o local é Cachoeira do Rosário. Os nativos contam que o rio faz um contorno entre as pedras num trajeto semelhante a um rosário, que inspirou o nome.

A Pigoita, ou Cachoeira do Rosário, é o ponto de banho mais estruturado de Novo Santo Antônio com passarelas que facilitam o acesso ao local.

Por lá, quando o período chuvoso chega, famílias inteiras aproveitam as corredeiras. Como não tem bar nem restaurante, muita gente traz a churrasqueira e bebidas.

E como as crianças sempre gostam mais de brincadeiras, na Pigoita(Cachoeira do Rosário) há possibilidade de improvisar para ficar mais divertido para os pequenos.

E atenção: quem gosta de saltos ornamentais acrobáticos, não se empolgue muito na Pigoita(Cachoeira do Rosário) porque são muitas pedras e lodo escorregadio. Lembre-se de sempre consultar os nativos sobre os locais mais seguros.

Gostou do roteiro? Não esqueça de contar nos comentários o que achou de mais essa mafavilha da natureza piauiense. 
 

0 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório