Conheça a cachoeira do Riachão, atrativo dentro do Parque de Sete Cidades

há 6 meses

Conheça a cachoeira do Riachão, atrativo dentro do Parque de Sete Cidades

Créditos: Deise Monteiro

Quando a gente fala que em cada canto do Piauí tem um riacho, açude, balneário, cachoeira perto de você, é fato! E, dessa vez, a nossa viagem vai ser para o município de Piracuruca, pois é nela onde está a cachoeira do Riachão.

Essa cachoeira fica em nada mais nada menos que dentro do Parque Nacional Sete Cidades, uma patrimônio ecológico de mais de 6 mil hectares que inclui esculturas naturais e arqueológicas, trilhas, mirantes, nascentes, fauna e flora do cerrado e caatinga, um mundo de ecossistema variados.

E dentro de tudo isso, a cachoeira do Riachão, que vamos desbravar junto com você agora.

#Localização e acesso até a cachoeira do Riachão

O Parque Nacional de Sete Cidades, que é onde está a cachoeira do Riachão, fica a 18 km da área urbana de Piracuruca. Esse município está a 182 km de Teresina.

Foto: Viagens e Turismo

O parque reúne diversos grupos de atrativos e formações rochosas que, cada um deles, foram denominados de “cidades”. A cachoeira do Riachão está na primeira cidade.

A trilha até ela é fácil. Uma caminhada que, embora seja debaixo do sol nosso de cada dia, é bastante prazerosa, já que é acompanhada por um turismo ecológico, conhecendo as paisagens que compõem uma parte do parque.

Ao chegar no local da cachoeira, é preciso descer uma escada com 77 degraus que foram construídos ainda em 1965 e que resiste bravamente ao tempo. A cada degrau, a boa expectativa do que nos espera e um som cada vez mais próximo da água tocando o solo.

Check-in Aventura

Pronto, descida realizada com sucesso. Agora é só recuperar o fôlego da melhor maneira, “banhando” de cachoeira.

#Como é a cachoeira do Riachão

Essa cachoeira não poderia ser mais significativa, pois dentro de um parque como Sete Cidades e ainda em meio a transições de Cerrado e Caatinga. Tudo isso a deixa bem especial.

A sua queda d´água tem quase 20 metros de altura. A água desce por um enorme bloco de pedra que mais parece que foi posto ali.

 

Essa formação rochosa é acompanhada por vários outras em meio ao riacho que se forma abaixo, por isso, nada de pular para dar mergulhos, pois se torna perigoso.

A cachoeira do Riachão vem de uma nascente de um olho d´água chamado Carrapato, recebe o afluente do riacho da Vaca Morta e desagua no lago do rio Piracuruca.

O seu nome se dá devido ao riacho que se forma abaixo, que segue um curso se espalhando por todo o espaço, tornando-se grande, quase que um aumentativo, por isso riachão.

Foto: Clip Turismo

A água é geladinha, corrente o tempo inteiro e cristalina, principalmente pelas proximidades da queda d’água. E como a maioria das cachoeiras do Piauí, ela só tem água no período chuvoso, que é entre fevereiro e maio. No verão piauiense, ela seca totalmente.

Dentro do parque, há restaurante e pousada. Então a visita a cachoeira se torna completa, já que contém uma base para o seu turismo.
 
O bom de conhecer a cachoeira do Riachão é que ela é como se fosse apenas a cereja do bolo em meio a tudo o que você pode conhecer e fazer no parque Nacional Sete Cidades. O roteiro é vasto e vale super a pena fazer. Vamos nessa?!

0 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório