Conheça mais sobre a estação ferroviária que deu nome a Cocal da Estação

há 1 ano

Conheça mais sobre a estação ferroviária que deu nome a Cocal da Estação

Créditos: Conheça o Piauí

Trilhos que revelam histórias e paisagens são uma boa pedida para quem visita Cocal da Estação. O município tem a estação ferroviária, ainda da década de 20, que se tornou um atrativo turístico que chama a atenção por tudo o que ela representa na história da cidade e até mesmo do Piauí.

E o que você vai encontrar na estação? Como se deu sua construção? Nós do Conheça o Piauí vamos mostrar um pouco mais desse diferente lugar para conhecer.

#Sobre Cocal da Estação

Cocal da Estação está localizado a 288 km de Teresina. De acordo com o último Censo(IBGE), o município conta apenas com 26.036 habitantes. A cidade também está bem pertinho do vizinho estado do Ceará. Cocal fica apenas a 52 km da serrana Viçosa.

E a história da cidade se confunde com a própria história da estação ferroviária, como se vê, o nome do município carrega bem esse que foi um marco. A construção da estação, na época, fez com que a vila prosperasse.

Quando ela foi construída, foi quase uma festa entre os moradores da vila que, posteriormente, seria emancipada de Parnaiba e se tornaria a que hoje conhecemos por Cocal da Estação. Tudo da cidade se deu em volta dessa estação ferroviária.

#Como é a Estação de Cocal

O que se vê hoje em meios às ruínas de trilhas e matas, foi a importante Linha da Estrada de Ferro Central do Piauí, que foi aberta em 1922. Ela ligava o município de Parnaiba até Cocal. A companhia responsável colocou no trecho entre as duas cidades um trem para fazer transporte de passageiros e cargas. Com isso, casas foram construídas nos arredores da estação que abrigaram funcionários e familiares deles e, a partir disso, expandindo o povoamento.

O barulho da maria fumaça era a agitação da época. O trajeto incluía o horário de saída de Cocal, às 4h da manhã, e voltando de Parnaíba às 15h. O vai e vem do trem era o início de desenvolvimento local, que viu o cenário econômico e social mudar depois da estação.

Hoje, a estrada não foi totalmente acabada em alguns trechos de outros municípios. No entanto, em Cocal ela está desativada, dando lugar às belas ruínas e ao prédio onde hoje funciona a Secretaria de Cultura e Biblioteca e também uma espécie de museu.

Andar pela estação é ver passado e presente se mesclando; é sentir a sensação de uma viagem no tempo pelos trilhos; é visitar a biblioteca no prédio e conferir o rico acervo local; é ver de onde tudo começou em Cocal.

#Horário de visitação

Para quem quiser visitar a estação ferroviária, é só chegar. Já o museu na estação fica aberto em horário comercial para visitação. Mas sabe o que é melhor ainda? É que ao redor da estação há uma praça com quiosques, onde, depois da visita, você pode curtir uma brisa e os sabores de Cocal. 

Vamos embarcar nessa? Não deixe de visitar a estação de Cocal da Estação e também a Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Frecheira da Lama, que também fica município e você confere detalhes aqui. 
 

4 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

Usuário

ANTONIO VASCONCELOS PACHECO • há 3 meses

Tenho uma ressalva a fazer. Por que chamar a cidade de Cocal da Estação, se o nome oficial é Cocal? Uma publicação séria deve prezar pelo verdadeiro. Qualquer pessoa que venha a pesquisar o nome da cidade (no IBGE, na Câmara Municipal ou na Lei de criação do município) vai ver que não existe Cocal da Estação. Como filho da cidade, procuro preservar com orgulho o seu nome: Cocal.


Usuário

FRANCISCO FORTES FILHO • há 1 mês

Sou Francisco Fortes Filho, nasci na localidadade Boa Vista dos Cariocas, divisa com Joaquim Pires-PI. Portanto próxima á Cocal.


Usuário

FRANCISCO FORTES FILHO • há 1 mês

Uma hipótse da construção desta igreja em Cocal, deve ao fato de que na rerião da Serra da Ibiapada, na região de Viçosa e Tiangua, ter existido a maior aldeia de índios da nação Tabajaras. Inclusive Viçosa, foi a 1ª cidade a ser fundada pelos padres Jesuítas na Serra da Ibiapaba. Na mesma região de Cocal. Um fato que pode colabora com a construção desta igreja foi o assacinato do pade Jesuíta Francisco da Costa Pinto em 1608 pelos índios, na Chapada da Ibiapaba. Isso vem a colaborar com a data da construção da referida igreja em 1616. r


Usuário

FRANCISCO FORTES FILHO • há 1 mês

A localidade Boa Vista dos Cariocas, fica no município de Esperantina. Hoje moro em Teresina.


CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório