Conheça no município de Piracuruca a terceira igreja mais antiga do Piauí

há 2 meses

Conheça no município de Piracuruca a terceira igreja mais antiga do Piauí

Créditos: Conheça o Piauí

A rota para conhecer grandes expressões da religiosidade no Piauí é bem vasta. É a Catedral de Picos; o templo em Santa Cruz dos Milagres; os monumentos da fé em Oeiras; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Frecheira da Lama, em Cocal da Estação; a igreja Nossa Senhora do Rosário e a catedral de Nossa Senhora das Graça, em Parnaíba. E fortalecendo ainda mais essa lista, apresentamos agora para vocês a igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Essa é a chamada igreja matriz de Piracuruca, município que está a 205 km de Teresina e a 131 km de Parnaíba. Ela fica localizada bem na praça principal da cidade, com toda sua exuberância, e é tida como a terceira igreja mais antiga do Piauí.  

Para saber mais sobre ela, nós do Conheça o Piauí estivemos lá para trazer aqui os detalhes para você.

#Qual a história por trás da igreja matriz de Piracuruca

Não tanto quanto os mistérios que envolve a igreja de Nossa Senhora do Rosário de Frecheira da Lama, em Cocal da Estação, mas a igreja Nossa Senhora do Carmo também tem seus alguns bons enredos por trás.

Alguns relatam que, no lugar onde hoje está a igreja, os moradores viam a imagem da santa entrelaçada a uma planta de carnaúba. Outra história por trás é que essa igreja foi construída por conta de uma promessa feita pelos irmãos portugueses Dantas Correia.

Eles foram aprisionados por índios Tocarijus e, para se libertarem deles, rezaram para Nossa Senhora do Carmo, prometendo que se conseguissem ser soltos, eles construiriam um pequeno templo em homenagem à santa. E assim teria sido edificada a igreja de Piracuruca como conhecemos hoje.

#Como é a igreja de Nossa Senhora do Carmo

A construção dessa igreja começou em 1718, ou seja, ela existe há mais de 300 anos, tendo sido tombada pelo IPHAN. Foi toda edificada, em quase sua totalidade, por blocos de pedras trazidos de Portugal. A sua arquitetura é toda no estilo Barroco.

A igreja de Nossa Senhora do Carmo tem duas torres, duas capelas laterais e, diferente de muitas, ela tem vários altares. Inclusive, debaixo desses altares há corpos de coronéis enterrados. Isso mesmo!

Além disso, muitos arquivos de óbitos de escravos estão na igreja, que durante anos registrou as mortes quando os cartórios não faziam isso ainda. Esse templo também conta com um relógio que foi levado em uma carroça de Parnaíba até Piracuruca.  

E um grande marco faz parte das estruturas dessa igreja. Ela foi abrigo para os bravos piauienses que lutaram na Batalha do Jenipapo, destaque na luta na independência do Piauí e, claro, do Brasil.

#Quando visitar

A igreja de Piracuruca é aberta diariamente, inclusive aos feriados. Mas os dias em que ocorrem celebrações são na segunda, quarta-feira e no domingo, que é o dia de missa.

E para quem quiser prestigiar a cultura dos festejos, nessa igreja eles acontecem no período de 6 a 16 de julho.

E então, que tal celebrar sua fé conhecendo a igreja de Nossa Senhora do Carmo e todo seu valor histórico?
 
 

0 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório