O que você vai encontrar no Parque Nacional Serra da Capivara

há 4 meses

O que você vai encontrar no Parque Nacional Serra da Capivara

Créditos: Conheça o Piauí

A maior quantidade de sítios arqueológicos das Américas, os vestígios mais antigos da presença do homem no continente americano e uma das maiores concentrações de sítios pré-históricos do mundo por quilômetro quadrado estão no PiauíSerra da Capivara é o nome do lugar. E ela revela ainda que é possível que o primeiro homem da América tenha vivido no Nordeste do Brasil.

A sua importância é evidentemente gigantesca e reconhecida também. O local é Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco; já foi tema da série TERRA X, produzida pela maior emissora de televisão pública da Alemanha e uma das maiores da Europa, a ZDF; inclusive, a série documental ganhou o prêmio Ver Ciência com esse tema; além disso, o parque é visitado por turistas do mundo todo e será tema de uma websérie nacional idealizada pelo O Boticário.

E você já visitou esse ponto turístico inigualável e toda a sua importância? A Serra da Capivara é mais do que um ponto turístico diferente do que se costuma fazer e que é único em todo o mundo, é a nossa origem contada em cada pedaço do lugar.

O Conheça o Piauí mostra agora para você detalhes do Parque Nacional Serra da Capivara, suas origens, o que encontrar nesse ponto turístico visceral e inigualável!

Serra da Capivara - crédito/imagem: Marcello Casal Jr_Agência Brasil

ORIGENS DO PARQUE NACIONAL

Décadas atrás, uma arqueóloga brasileira estava em Paris, onde lecionava na École des Hautes Études em Sciences Sociales. Depois, todo o seu conhecimento, a sua garra e dedicação foram parar no Piauí. Trata-se de Niède Guidon.

Nos anos 70, a arqueóloga chegou em terras piauienses e, desde então, passou a revelar para o mundo as pinturas rupestres da Serra da Capivara e tudo o que veio a partir disso, como sua luta para transformar o local em um parque e o estabelecimento de uma nova teoria sobre a chegada do homem ao continente americano.  Inclusive, toda a trajetória da arqueóloga virou tema de filme, o “Niède”, que foi lançado no dia 04 de abril de 2019, em São Paulo, durante a maior mostra de documentários da América Latina, o festival “É Tudo Verdade”.

Niède Guidon, junto com um grupo de arqueólogos brasileiros e franceses, iniciou no Piauí as pesquisas na região da Serra da Capivara, por meio da Missão Arqueológica Francesa no Piauí. Devido às importantes descobertas que foram feitas e visando à preservação histórica e ambiental, em 1979 a Serra da Capivara foi transformada no Parque Nacional Serra da Capivara. Ele ocupa uma área de 130 mil m² e abrange municípios do sudeste do Piauí, sendo os principais São Raimundo Nonato, João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias, onde neste está localizado o Museu da Natureza, como você pode ver clicando AQUI. 

Alto da pedra furada - crédito/imagem: Flavio Veloso

Sete anos depois, em 1986, foi criada a Fundação Museu do Homem Americano(FUMDHAM), com o objetivo de preservar o parque e também para que as pesquisas pudessem ser continuadas. Tendo Niède Guidon como diretora-presidente, a fundação é uma entidade civil sem fins lucrativos, de interesse público do governo brasileiro, e que realiza trabalhos de pesquisa em paleontologia, arqueologia, arte rupestre, biologia, bioarqueologia, além de atividades culturais e sociais.

Fóssil no Museu do Homem Americadno -  imagem divulgação

A sede da Fumdham, que fica no parque, compreende as instalações administrativas, de laboratórios, centros de documentação, dentre outras que envolvam a Serra da Capivara.

O QUE ENCONTRAR NO PARQUE SERRA DA CAPIVARA

O Parque Nacional Serra da Capivara fica entre duas formações geológicas e é composto por quatro serras: Serra da Capivara, Serra Branca, Serra Talhada e Serra Vermelha. Cada uma delas tem suas particularidades, riquezas naturais e atrativos que conquistam os visitantes.

Na Serra da Capivara é onde está a concentração das famosas artes rupestres pré-históricas, mais de 30 mil que estão pintadas ou gravadas nas rochas. Esses registros, que têm diversas formas e cores, mostram como era o dia a dia dos nossos antepassados, com cenas de caça, guerra, dentre outras.  Até mesmo quem nunca visitou o parque, quando vê estas imagens já sabem que elas são da Serra da Capivara.
 

Uma das inúmeras inscrições rupestres na Serra da Capivara - crédito/imagem: challengingyourdreams

Foram registrados, até o ano de 2018, mais de mil sítios arqueológicos com pinturas e gravuras rupestres pré-históricas. Além dessas marcas, no local foram encontrados diversos vestígios, como instrumentos em pedra, que consolidam a presença do homem pré-histórico no local. Todos esses vestígios são os mais antigos até então encontrados no continente americano.
 
Essas relíquias levam a resultados de que o homem habitou a região há cerca de 50 mil anos atrás. Ele era nômade e ainda  conviveu com uma fauna gigante que desapareceu da região há 12 mil anos, tudo isso ocasionado por grandes transformações climáticas.
 
Os sítios arqueológicos abertos para visitação contam com estruturas para os visitantes, tais como passarelas, mapas, placas educativas, estradas, estacionamento, guaritas e centro de visitantes. Todas as visitas são obrigatoriamente acompanhadas por um guia turístico credenciado pela FUMDHAM.
 
 Além desse acervo histórico riquíssimo, você verá um lindo ambiente da caatinga e sua vegetação típica, junto com serras, cânions, grutas, chapadões, vales. Você encontrará diversas espécies do clima dessa região, como cactos e ainda remanescentes de floresta tropicais úmidas, como jatobá, pau d’arco, angico, aroeira, gameleira, dentre outras.

Baixão das Andorinhas - crédito/imagem: Carlos Oliveira Reis

Assim como tem uma vegetação variada, a fauna no Parque também é bem diversificada. Na região você poderá encontrar cutia, tatu-bola, macacos, Onças, lagartos, serpentes, dentre outros, além de aves como araras, pica-paus, urubu-rei e mais tantas outras que fazem parte de mais de 208 espécies de aves encontradas no ambiente.
 

Quanta riqueza, não é mesmo?! Olha, você não pode passar por esta vida sem visitar o Parque Nacional da Serra Capivara. Experiência única! Você vai se surpreender!

0 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório