Visite a cachoeira de Santo Antônio, em São Félix do Piauí

há 3 semanas

Visite a cachoeira de Santo Antônio, em São Félix do Piauí

Créditos: Lucas Cunha

O município de São Félix do Piauí também tem uma cachoeira para chamar de sua. Ou nossa!

É a cachoeira de Santo Antônio. O nome de santo parece ter abençoado o local com tanta água e encantos naturais preservados. 

O fato é que essa é mais uma das muitas cachoeiras espalhadas pelo Piauí e que, no período de chuva, descortina-se e se exibe deslumbrantemente para nós.

E, claro, só nos resta agradecer, preservar, conhecer e aproveitar tudo isso. Vamos agora com o Conheça o Piauí na Santo Antônio?!

#Sobre São Félix do Piauí

Para começar o passeio, vamos conhecer um pouco a cidade onde fica o nosso destino. São Félix do Piauí está localizada a 158 km de Teresina. É um tempo de percurso estimado em 2h20min, para quem sai da capital.

Foto: reprodução

Pertencente a microrregião de Valença do Piauí, onde tem a Barragem Mesa de Pedra, Balneário Santa Rosa e Cachoeira da Fazenda Velha, São Félix do Piauí tem aproximadamente 3 mil habitantes.

Nesse município, a economia é baseada na agricultura familiar, com produção agrícola de cereais, leguminosas, assim como também na pecuária e extrativismo vegetal, com a cera de carnaúba.

Foto: reprodução

Para quem quiser visitar, por ser pequena, a cidade dispõe de poucas opções de hospedagens e restaurantes, mas nada que impeça a sua visita. É uma cidade simples, aconhegante e hospitaleira. 

O município ainda se destaca pelas suas festividades regionais, como os festejos religiosos e vaquejadas, além de seus atrativos naturais, como a prainha do rio Sambito, que banha a cidade, e a cachoeira de Santo Antônio.

#Como é o acesso até a cachoeira de Santo Antônio

Se você busca aquele passeio relaxante e ao mesmo tempo divertido, com aventura, altos, baixos, sobe e desce, essa cachoeira é irresistível para isso.

O acesso até ela não é o do mais fácil, mas também não chega a ser um caminho e trilha iguais aos da cachoeira do Urubu-Rei, em Pedro II, que é nível hard, máximo de aventura.

Para a de Santo Antônio, são apenas 3 km da área urbana de São Félix até a entrada para uma estrada de chão que leva até a cachoeira. Sim, prepare-se para ladeiras, troncos de árvores e chão batido.

Foto: Edward Moura

Essa estrada de chão tem tudo isso! São 4 km nela, com direito a duas ladeiras, em sequência, bem íngremes e com curva. Todo cuidado redobrado aqui!

Essas ladeiras já encontramos logo no primeiro 1km, assim que saímos do asfalto. Dá para passar carro pequeno e também moto, mas com aventura. Se você gosta, pois deu foi certo!

Logo depois é linha reta, até que depois de percorrer mais uns 2 km, você chega em um trecho em que, até a data de publicação desta matéria, só dava para passar moto. Se for de carro, pare nesse ponto, estacione, desça e siga a pé por 1 km até chegar na cachoeira.

E olha, a recompensa é garantida!

#Como é a cachoeira de Santo Antônio

Quem nos recepciona na chegada são as corredeiras. Para que melhor, né! Água cristalina, corrente, que vai se desenhando pelas pedras. Tudo isso dividindo espaço com um cenário verde arrebatador!

Logo mais para o lado, a primeira queda d’água que compõe a Santo Antônio, chamada de cachoeirinha de Mato Grande. Fácil, fácil a gente passa o dinheiro inteiro nela.

cachoeirinha de Mata Grande na cachoeira de Santo Antônio - Foto: Lucas Cunha

Ainda há um mirante, onde dá para você subir e sentir-se abraçando o céu, e também uma formação rochosa chamada Pedra do Beijo, que fica ao lado da trilha do descaído, que dá acesso à parte de baixo da cachoeira. 

Mirante na cachoeira de Santo Antônio - Foto: Lucas Cunha
Pedra do Beijo - Foto: Lucas Cunha

E detalhe! Tudo isso que falamos está em um amplo espaço que fica em cima da outra queda d’água, da maior. Quando a gente chega na Santo Antônio é por cima dela, e já encontramos de cara todos esses atrativos mostrados.

Você pode ficar neles, levar crianças, toda a família, para relaxar nessas águas refrescantes e transparentes na companhia de pessoas queridas, ou se aventurar na descida pela queda d´água maior, que tem 32 metros de altura.

Parte da cima da queda d´água de 32 metros - Foto: lucas Cunha

Para chegar até embaixo, algumas cordas no local dão sustentação para sua descida. Depois que descer é só olhar para cima e sentir a energia que essa maravilha proporciona.

Embaixo há uma pequena piscina natural com muitas pedras e árvores, deixando a sua visão ainda mais admirada.

Parte de baixo da cachoeira de Santo Antônio - Foto: Lucas Cunha

Na cachoeira de Santo Antônio você não encontrará nenhuma estrutura turística, como banheiros, restaurante, bar, pousada. Por isso, se for passar muito tempo no local, leve sua água e alimentos, sempre lembrando de trazer de volta todo o lixo gerado para ser descartado em seu devido lugar.

A cachoeira fica em uma propriedade particular, mas a entrada é gratuita. E vale lembrar que ela não é perene, portanto, época de chuvas é o melhor período para visitá-la.

Foto: Lucas Cunha

Caso necessite de um guia, o Lucas Cunha, de São Félix do Piauí e que conhece tudo da cachoeira, pode ajudar você a descobrir esse passeio maravilhoso. O contato dele é o (86)98189-4875
 
Gostou de mais essa dica de cachu pra se conhecer no Piauí? Conta para a gente! Ah, e se tiver alguma dessas opções em sua cidade, mande para nós. Vamos amar falar sobre elas! 

0 comentários Realize o login ou cadastre-se, e entre na conversa !
Usuário

CONHEÇA MAIS:

Enviar
Inscreva-se e receba e-mails com os últimos destinos de viagem do Conheça o Piauí
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório